Era 1995 e o final do Super Nintendo estava próximo, afinal o lançamento do Playstation da Sony, Saturno da Sega e o próprio N64 da Nintendo já destacavam as manchetes do mundo gamer daquela época. Mas apesar de tudo isso o Snes ainda resistia fortemente com grandes lançamentos. Em meio disso, surgiu nada menos que um jogo que estava 4 anos em produção e com nomes como Shigeru Miyamoto e Takashi Tezuka no time de criação e mais 30 funcionários da Nintendo (desenhistas, músicos e programadores). Que jogo seria esse? Nada menos que Super Mario World 2: Yoshi´s Island.

SMW2 é jogo que usa o limite da capacidade do Super Nintendo, com mais de 130 inimigos, mais de 60 fases, diversas áreas secretas e divertidos bônus. Miyamoto e Tezuka utilizaram o novo chip para desenvolver esse jogo, chamado de Super FX2 que utilizava uma nova técnica de programação chamada: “Morphmation”. Essa técnica produzia inimigos que aumentavam, diminuíam, rodavam, mudavam de forma e chegavam a ocupar a tela inteira da TV. Os cenários possuíam uma palheta de cor extraordinária (dificilmente vista em jogos de 16 bits), efeitos 3D, cenários que pareciam desenhados a mão com giz de cera e músicas que ficam na memória mesmo depois que você parava de jogar.

Isso era SMW2, um jogo completo e vou contar tudo sobre ele mais abaixo meu amigo da Locadora Resident Ivo. Então venha comigo e entre nesse mundo mágico de Super Mario Word 2 – Yoshi´s Island.

Minha história com Super Mario World – Yoshi´s Island!                        

Vou ser bem sincero, SMW2 é um dos meus “pecados gamísticos seguidos”. Na verdade joguei ele na época do SNES lá em 1995, na casa de amigos, mas nunca peguei ele realmente para desbravar e fechar como fazia com jogos: Donkey Kong Country, Super Mario RPG, Super Mario World e outros. Eu tinha uma política de sempre jogar e fazer tudo nas grandes franquias da Nintendo para Snes naquela época, fazer isso era diversão garantida… Afinal tinha tempo de sobra (só estudava!), mas infelizmente isso não aconteceu com SMW2. Eu tinha acabado de vender meu SNES e já estava tentando partir para uma próxima geração e que no final foi um grande erro (Você pode conferir essa história aqui: – Minha Vida Gamer Parte 4). Com isso acabei perdendo alguns grandes jogos no final de vida do Snes como SMW2.

Anos mais tarde com a chegada dos emuladores e internet tentei joga-lo, mas acabei deixando de lado novamente (outro erro!). Sabe quando você tem uma lista com mais de 400 jogos de SNES (Roms) e fica naquele “looping infinito” em escolher? Isso que acontecia comigo nos emuladores! No final queria jogar tudo, mas não jogava nada e no máximo joguei as primeiras fases de SMW2.

Os anos se passaram e fiquei mais seletivo e por muitas vezes acabo voltando no tempo e dando chance para aquele grande jogo que tive o erro de não jogar. Foi isso que fiz com SMW2, acabei encontrando ele no Mercado Livre por 50 reais e peguei na hora… e falando para mim mesmo que iria joga-lo e acabar com esse pecado gamístico.

O jogou chegou rapidinho em casa, mas veio sem bateria (agora entendi porque o valor estar barato!), mas não foi problema. Acabei olhando alguns tutoriais de como colocar bateria no cartucho (veja aqui o vídeo!), comprei a bateria no Aliexpress por 4 reais, soldei e lá estava ele prontinho para jogar. Mas ainda sim, apesar de ter comprado, instalado a bateria e tudo mais… Não colocava muita expectativa no jogo, apenas queria joga-lo e nisso minha opinião começou a mudar completamente. 

SMW2 é incrível pessoal! Depois de algumas fases, comecei a ficar impressionado com tamanho capricho do jogo. Acabei vendo como ele é bonito e divertido (e olha que ele tem mais de 20 anos!). Falava constantemente: – Não é possível que esse jogo seja tão bom!? Parei para pensar se estava sendo nostálgico demais, devido ao meu amor com o Snes, mas nãooooooo!! Ainda sim fui mais fundo no assunto e procurei outros reviews na internet e no final a grande maioria tinha essas relações em comuns comigo:  De nunca ter jogado antes ele, de ter deixado de lado, de não ter dado atenção e se arrependido por isso.

Super Mario World 2 – A história                                                              

A história do jogo é super básica. Um dia a cegonha (Sim!!! Aquela que sua mãe contava de como você nasceu e te trouxe!) estava cruzando os céus carregando dois bebês gêmeos: Baby Mario e Baby Luigi. No transcorrer da sua viagem a cegonha é atacada pelo vilão Kamek (um Koopa com poderes mágicos!) e a mando de ninguém menos que Baby Bowser, devido a uma profecia que dizia que bebês gêmeos atrapalhariam o seu reinado para sempre (adivinha quem eram os bebês?!).

Mas quando Kamek atacou a cegonha e tentou sequestrar os bebês algo inusitado aconteceu. Um dos bebês (Baby Mario) acabou caindo e indo parar em uma ilha. E adivinha por quem essa ilha era habitada? Por Yoshis claroooo!!!  (Por isso Yoshi Island Dawwww!) E adivinha em cima de quem o Baby Mario caiu? Em cima do Yoshi claroooo! E junto com o Baby Mario havia um mapa que indicava onde ele deveria ser entregue… e vendo isso o Yoshi e sua trupe se reúnem e decidem levar Baby Mario até esse local do mapa e de sobra ainda salvar seu irmãozinho Luigi das garras do Kamek e Baby Bowser.

Super Mario World 2 – A Diferença                                                            

Ao jogar SMW2 você logo vai se perguntar: – Isso aqui é bem diferente de qualquer Mario que joguei!?

Isso mesmo meu amigo!! Aqui você controla o Yoshi ao invés do Mario (que assustou e afugentou muitas pessoas pelo jeito!) e com isso toda mecânica do jogo muda. Você joga com diversos Yoshis de cores diferentes durante as fases, mas essas cores não diferenciam nada entre eles e todos possuem as mesmas habilidades. Vamos a elas:

Capturar inimigos, Ovos Yoshi e Jogar Ovos: O Yoshi pode engolir inimigos (alias ele engolir quase tudo! Até balas gigantes!) com sua língua e apertando Y no controle. Com isso e em seguida você pode cuspi-los (cuspir nos inimigos!!) ou engoli-los e assim criar ovos de Yoshi (apenas 6 ovos podem ser acumulados!). Com esses ovos e apertando A no controle, você irá criar uma mira e atirar justamente esses ovos para: pegar itens, matar inimigos, abrir passagens secretas, acertar locais distantes e outras finalidades.

– Melancias e Cuspidas: Assim como cuspir os inimigos é possível encontrar melancias pelas fases e cuspir suas sementes acertando inimigos e itens. Existe uma variação dessas melancias que dão poder de cuspida de fogo ou gelo e assim podendo queimar ou congelar seus inimigos.

.

– Ground Pound ou Bundada do Mario: Lembra da bundada do Mario? Acho que ele aprendeu com o Yoshi, pois ele faz a mesma coisa aqui. É ótimo para esmagar inimigos, abrir caminhos e outras diversas coisas.

.

.

– Yoshi voa um pouco: Pode parecer estranho, mas o Yoshi voa um pouquinho nesse jogo. Quando você pula apertando o B e segura ele um pouquinho o Yoshi se mantem por um curto tempo no ar. Assim você consegui subir em lugares que antes eram inalcançáveis apenas com o pulo normal.

.

Sistema de Vida                                                                                              

O sistema de vida nesse jogo também bem diferente de qualquer outro Mario que você tenha jogado. Como disse antes, você controla o Yoshi e o tempo todo carrega o Baby Mario nas suas costas. Caso você receba um ataque inimigo, Baby Mario saí voando em uma bolha e uma contagem regressiva começa. Caso essa contagem chegue em zero e você não consiga recupera-lo… os capangas do Kamek pegam o Baby Mario e adeus uma vida. A contagem começa a partir de 10 segundos e vai diminuindo, mas é claro que durante as fases você pode conseguir estrelinhas (Já conto delas mais adiante) que aumentam esse contagem até 30 segundos.

…………………………………

Mas apesar de todas essas habilidades do Yoshi é possível controlar o Baby Mario algumas vezes. Durante certas fases é possível encontrar aquela estrela clássica do Mario que te da invencibilidade temporária e a possibilidade de jogar com ele. Inclusive Baby Mario usa uma capa nas costas e saí correndo e até podendo subir paredes (Faz inveja a qualquer Sonic da vida! Hahahaha!)

Existem estrelinhas que aumentam o contador (que citei acima!). Elas são encontradas durante a fase e em diversos ocasiões. Vale lembrar que elas auxiliam também na sua pontuação quando termina a fase. Falando em pontuação… é possível encontrar em cada fase 5 flores e 20 moedas vermelhas. Todas elas estão escondidas e se você conseguir fazer 30 estrelinhas + 5 flores + 20 moedas vermelhas ao terminar a fase… você alcança a pontuação de 100%. Caso você consiga isso em todas as fases dos determinados mundos, você acaba ganhando 1 bônus para jogar quando quiser e uma fase especial. Notal são 6 bônus e 6 fases especiais que você pode abrir.

………………………………………………

A Dificuldade                                                                                                   

Aparentemente SMW2 parece um jogo fácil e é mesmo! Caso você quiser apenas passar as fases sem se preocupar com porcentagem e cia. As fases e mundos  apresentam uma dificuldade gradativa (são 6 mundos no total), mas nada que deixe você de cabelo em pé. Os chefes também não são de grande dificuldade. Resumindo… é fácil terminar SMW2. Agora a história muda caso você queira terminar ele com todas as fases 100%… aê sim você vai “suar a cueca” com esse jogo. Mas mesmo assim caso você esteja tendo dificuldade em fazer 100%… as fases bônus tem ajudam e explico.

Os Bônus                                                                                                      

São vários tipos de desafios bônus durante o jogo. Você consegue eles ao final das fases acertando as florzinhas na roleta ou ainda achando uma chave secreta durante as fases, que possibilita você abrir uma porta escondida (na fase também!). Esses bônus te ajudam a conseguir itens como: estrelinhas , cascos, lupas para achar moedas vermelhas, nuvens que mostram lugares secretos, ganhar vidas e etc. Tudo isso que você ganha fica armazenado no seu inventário durante as fases. É só dar PAUSE e selecionar o item que desejar e usar. Isso facilita e MUITO caso você queira fazer o 100% nas fases.

.

Por que jogar Yoshi´s Island hoje?                                                         

Essa é uma questão que queria muito escrever. No meu caso a escolha de jogar SMW2 foi por querer conhecer esse jogo de SNES, assim como faço com vários jogos desse console, mas para você amigo da Locadora Resident Ivo… vou dizer muito mais motivos. SMW2 é um jogo com mais de 20 anos e que não envelheceu de modo algum. Os gráficos são extremamente agradáveis e com essa pincelada de desenho em giz de cera o torna tudo mais sutil, inocente e mágico. Se você jogar sem pressa vai perceber detalhes extramente inusitados que vão te surpreender durante a jogatina. São coisinhas simples, mas que fazem o “level designer” dele incrível.

Se você tiver curiosidade, entra nesse site e confirir o mapa completo dos cenários e perceba como eles são legais.

Eu fico bobo em ver aquelas montanhas no fundo da fase e perceber que um simples desenho (que pode ser feito por uma criança de 5 anos!) se encaixa de forma sublime no jogo.

………………………….

Um detalhe que tenho na lembrança a mais de 20 anos… foi quando vi esse jogo e sua abertura pela primeira vez. A música da abertura é tocada por uma “caixinha de música” (Sim! Aquela para bebês dormirem! Entendeu? Baby Mario e Baby Luigi  ^^). Como sabemos isso?!! Quando ela acaba, você ouve alguém rodando ela de novo para começar a ser tocada. São detalhes pequenos como esse que percebemos o capricho por trás do desse game e fazem você querer joga-lo até o fim. Além do que vou citar abaixo (Continue lendo ^^!)

A  “Bendita” jogabilidade!                                                                           

A jogabilidade de SMW2 é diferente do que jogar outro jogo do Mario, mas nem por isso é ruim. Todos nos sabemos o quanto é gostoso jogar com o Mario em seus jogos, mas quando descobrimos que vamos jogar com o Yoshi… aquela coçada na cabeça (de dúvida!) começa! E foi que aconteceu quando formos jogar SWM2 lá em 1995. MUITA gente fugiu do jogo percebendo que iria jogar com o Yoshi. Muitos achavam que foi um erro da Nintendo, mas ao meu ver não foi (E hoje percebo isso!). Na própria entrevista do Miyamoto sobre o desenvolvimento do jogo (Você confere aqui!), ele comenta essa ideia “das possibilidades em fazer algo com o Yoshi depois que terminou Super Mario World”.

“After we finished Super Mario World, it looked to us like Yoshi had a lot of room to grow as a character, and we started thinking about making a game with him. It was all decided pretty quickly from there.”

A Criatividade                                                                                                

Os 5 anos de produção de SMW2 deram a liberdade tranquila de testar ideias no jogo e ver quais se encaixavam melhor e incluir tudo que queriam. Você percebe esse grau de criatividade nas fases, que são diferentes dos jogos anteriores do Mario no Snes (que tem seu ponto criativo também! Antes que me chutem daqui!). Mas imagina a responsabilidade de fazer algo criativo em um jogo do Mario… que já é criativo?! Tem que ser muito bom mesmo! Um exemplo clássico é em um chefe que é um sapo gigante e após te engolir… você luta dentro do seu estomago.

……………….

Jogo tem muitas referências. Olha esse! Alguma semelhança com Metroid? Uma homenagem?

…………………………………

E quando você fica bêbado comendo aquelas nuvens envenenadas? É muito engraçado!

…………………..

Logo ali acima eu comentei da dificuldade. Se você quer só passar as fases… vai ser fácil, mas caso você queria fazer 100% é outro história. E acabei descobrindo que isso foi proposital de acordo com o Tezuka em sua entrevista (Confira entrevista completa aqui!)

“We chose this gameplay system because we wanted to make a game where you could play the same course again and again: beginners should be able to go for a simple clear, while more advanced players can go back and try and get 100%. The actual development took about 3 years. Probably the most difficult part, I think, was getting the distinct look of the graphics right. Actually there may have been more painful things, but now that the development is over and I’m more relaxed, I’ve conveniently forgotten all that.”

A ideia era jogar as mesmas fases várias vezes e de acordo com sua envolução no jogo. Se você fosse novato iria passar a fase facilmente, mas quando você tivesse se tornando um jogador mais avançado… era possível voltar na fase e joga-la fazendo 100%… o que obviamente isso vai te trazer um desafio e tanto.  E digo isso com convicção porque fiz 100% em todas as fases e fiquei de “cabelo em pé” com algumas. O que parecia um jogo facilzinho se tornou um “BAITA” desafio. Primeiramente porque temos que passar as fases sem tomar danos (inclusive enfrentando os chefes!) e assim conseguir ficar com as 30 estrelinhas e ainda achar as 5 flores e 20 moedas vermelhas e fazer 100%.

Conclusão e Curiosidade                                                                               

Então é isso pessoal! Fica aqui esse review sobre SWM2 >.< se alguém teve paciência de ler tudo hahaha! Gostaria muito que pudesse jogar esse incrível game! Se você não teve a oportunidade JOGUE que garanto que é diversão garantida e se você jogou… desafio a fazer 100% que também é diversão garantida.
Não deixa de comentar sobre esse jogo aqui nos comentários. Grande Abraço e até a próxima! 
E de bônus deixo algumas curiosidades sobre o game! Confira! 

  • Foi um dos jogos mais vendidos de SNES com mais de 4 milhões de cópias pelo mundo. Fonte Wikipedia.
    …..
  • Por várias edições da Nintendo Power, pós o lançamento de SMW2, foi dado como brinde cartões especiais (sobre os chefes do jogo) que são lembrados até hoje como um dos melhores brindes cedidos pela revista.

……

  • Também na divulgação do jogo a Nintendo distribuiu uma fita VHS aos assinantes da Nintendo Power chamada: – Yoshi’s Island – A Magical Tour of Yoshi’s Island. Um maluco no melhor estilo anos 90 apresenta o jogo. Veja abaixo e confira essa maluquice!

…..

  • SMW2 é um dos 7 únicos jogos a usar o chip Super FX 2. Os outros são: Comanche (cancelado)
    Doom, Elite (cancelado), FX Fighter (não lançado), Star Fox 2 (não lançado)
    e Winter Gold. 

….

  • Os gráficos de SMW2 foram uma resposta de Shigeru Miyamoto em não gosta dos gráficos pré-renderizados de Donkey Kong.

 

  • Existem vários mangás com história do Yoshi e sua ilha.

 

  • Olhe esse comercial BIZARRO do gordão do jogo no EUA. Você acha isso passaria na TV hoje? Hahahaha!
www.000webhost.com