Sexta é dia de Locadora #3  Uncharted 4 (2017)                                       

Fala galera, estamos de volta! Fazia tempo que não aparecia né?!  Mas é porque minha vida ficou uma correria louca nesse último mês e com isso não consigo escrever quase nada, mas isso é papo para depois. Hoje estou alugando nada menos que Uncharted 4: A Thief’s End… isso mesmo!? Não é só de velharia que vive minha locadora! Para quem não sabe, comprei PS4 faz quase 1 mês e finalmente entrei na nova geração e com o pé direito. Então “si bora” alugar mais um jogo nessa sexta e aproveitem que se levar 2 (aluguem Wonder Boy: The Dragon´s Trap!) ganha um refri grátis. Bora lá!

Antes que você me pergunte se tinha jogado Uncharted vou te responder. Sim, eu joguei! Joguei o Unchartet 3 no Ps3 que tenho, mas isso foi no final de vida do PS3 e acho que até quando já tinha saído PS4. Bom, joguei e gostei, mas não fiquei maravilhado. Eu sou apaixonado por histórias de tesouros e tudo mais desde criança, sempre amei Indiana Jones e seus filmes. Alias o Indiana Jones e a Última Cruzada é dos meus filmes prediletos e lembro dele até hoje assistindo com meu velho (saudade!), mas mesmo assim Uncharted 3 não me marcou.

E depois muito tempo em ter jogado o 3, ganhei de presente da esposa o Uncharted 4 em uma promoção maluca que custou apenas 60 reais (não tem como não pegar né!?).  Comecei jogando ele descompromissado e quando descobri que a história do jogo se baseava em tesouros de piratas… eu pirei! Sempre amei histórias de tesouros, mas com piratas era tudo que mais gostava, me lembro que sempre comprava livros com essa temática quando menor e ficava horas e horas lendo no meu quarto. Pois bem, Uncharted 4 se trata disso.

“Três anos depois dos eventos ocorridos em Uncharted 3: Drake’s Deception, Nathan “Nate” Drake desistiu de ser um caçador de tesouros e tem uma vida normal com Elena Fisher. A sua rotina é interrompida quando Samuel “Sam” Drake, o seu irmão mais velho que supostamente estaria morto, entra na sua vida. Sam diz-lhe que precisa da ajuda de Drake para encontrar um artefacto muito antigo relacionado com o tesouro do pirata Henry Avery; já que sua vida depende disso. Drake já o tinha tentado o encontrar no passado, mas nunca chegou a qualquer conclusão, e assim é forçado a entrar de novo no mundo dos ladrões, com promessa de aventuras e a oportunidade de ajudar um familiar. Assim os dois irmãos com a ajuda de Victor “Sully” Sullivan, partem numa viagem em redor do mundo na busca do mítico tesouro, ao mesmo tempo que tentam desvendar a conspiração por detrás de Libertatia, a utopia pirata, dentro das florestas de Madagáscar. Dois rivais, Rafe Adler e Nadine Ross, querem encontrar o tesouro primeiro, e irão fazer a vida difícil aos dois heróis.” 

Vale lembrar que os piratas realmente existiram, então se você é curioso mesmo, pode procurar mais sobre eles na internet e achar várias referências dentro do jogo sobre a própria vida deles. E isso é MUITO LEGAL!!! Até as referências bíblicas que ajudam você com pistas em busca dos tesouros (no jogo!) realmente são citadas na bíblia.

Tem até uma história curiosa. Eu trabalhei em 2014 com uma cara chamado Dimas e sempre me perguntava da onde vinha esse nome, mas ao mesmo tempo não procurava saber. Bom, nesse jogo acabei descobrindo sobre esse nome, que na verdade ele vêm de uma citação bíblica. Dimas o “Bom-Ladrão”  e Gestas o “Mau-Ladrão”. Eles eram ladrões e foram crucificados junto com Jesus, mas Dimas acabou se arrependendo de todos seus pecados e no final foi perdoado por Jesus e já Gestas acabou não se arrependendo e assim ficou conhecido o termo “Bom-Ladrão” e ‘Mau-Ladrão” (Você pode procurar mais detalhes na Internet, não quero dar muitos spoilers!).

Para aqueles que dizem que o jogo só é fazer “Parkour” e fecham ele em menos de 6 horas, não sabem que estão perdendo em pesquisar e explorar sobre o enredo do jogo em leituras paralelas e ver as referências “in game”. Além disso tudo o jogo tem excelente ação, gráficos, jogabilidade e muita coisa para você fazer e explorar fora do enredo principal. Se você é adora andar pelo cenários e explorar montanhas, desertos, mares, ilhas piratas, cavernas e tudo mais… vai ficar horas se divertindo com esse jogo.

Eu aluguei e ainda estou jogando esse incrível game que por sinal encerra a jornada Drake. Mas será que realmente vai acontecer isso? Espero que não! Que venha mais histórias de tesouros e aventuras piratas. Quer um conselho? Aluga agora esse game que é certeza de diversão! Grande Abraço pessoal!